Segurança e Vigilância

Nos vídeos a seguir, disponibilizados pela Rede Record, através de seu canal R7, na Internet, podemos observar como a TV está se utilizando das gravações das Câmeras de Vídeo de Segurança (conhecidas como CFTV – Circuitos Fechados de TV), para criar suas notícias.

São Paulo – 08 de Fevereiro de 2010

http://noticias.r7.com/videos/camera-de-seguranca-mostra-assalto-em-farmacia-no-interior-de-sp/idmedia/24ba093d87a2db035e95f1112dc1505a.html

São Paulo no Ar – 05 de Janeiro de 2011

http://noticias.r7.com/videos/imagens-mostram-assalto-a-posto-de-combustiveis-em-ribeirao-preto-sp-/idmedia/8573dc6613586c32b06fa4c33d761a01.html

Não é difícil encontrar opiniões afirmando que os CCTV dão ao indivíduo a sensação de segurança. A possibilidade de identificação dos infratores (qualquer que seja a regra) cria mesmo a sensação de que elas podem diminuir a criminalidade, por exemplo.

Ieda Tucherman, da Escola de Comunicação da UFRJ, em entrevista a jornalista Patrícia Pereira, na Revista Sociologia, de Janeiro de 2001, deixa claro o que pensa sobre esses dispositivos de vigilância:

As instâncias salvaguardam essa estrutura porque supostamente oferecem proteção. Eu não concordo. Ao fazer isso, acirram a ideia de cidade partida. Declara-se guerra ao outro. Abre-se mão do encontro com a diferença. Esse controle é a espacialização da diferença.

No mesmo artigo da Revista Sociologia, entitulado Sociedade do Controle, a jornalista também entrevista outra pesquisadora do tema vigilância, Fernanda Bruno, professora do Instituto de Psicologia da UFRJ. Ela considera que os indivíduos vão interiorizando e naturalizando a presença dos “olhares” das câmeras e assim vai se criando nos espaços públicos um autocontrole de comportamentos.

A rua que sempre foi um lugar do anonimato, vai perdendo essa característica. As pessoas começam, de forma não muito gritante e visível, a ter atitude de autocontrole nesses espaços. Um dos objetivos da câmera é interiorizar a vigilância.

Dá prá se perceber que as gravações destas câmeras estão se tornando uma ótima (e barata) base de dados para as redes de TV, em seus programas “jornalísticos”.

Já a resposta às questões sobre vantagens e desvantagens (custo benefício) do uso dessas câmeras para a sociedade está longe de ser unânime.

Até Quarta-Feira.

Anúncios

Sobre cbaqueiro

Graduado em História e Jornalismo. Pós-Graduando em Jornalismo e Convergência Midiática, com pesquisa sobre o tema Vigilância e Controle Social
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Segurança e Vigilância

  1. >copiar & colar:"Nossa sociedade, como já observou Michel Foucault (1988, p.190), é menos a dos espetáculos do que a da vigilância. Encontro-me num aeroporto qualquer, em qualquer parte do globo, esperando meu vôo a qualquer lugar. Coloco minha bagagem numa esteira rolante; imediatamente ela é bombardeada por um feixe de raios-X, que vasculha o seu conteúdo em busca de substâncias ou instrumentos ilegais.Eu próprio devo me encaminhar até uma simulação de porta ou coisa parecida, onde outro dispositivo examina meu corpo e o interior de minhas roupas.Não tendo sido detectado nada suspeito, recebo do olho mecânico o go-ahead que me permite retomar a bagagem e prosseguir minha jornada em direção à sala de espera. Sento-me numa poltrona e, enquanto observo o movimento, noto que há uma câmera, discretamente colocada num canto qualquer da sala, apontada para a minha direção, vasculhando todas as minhas ações. Aliás, não há só uma; são várias, espalhadas estrategicamente por todo o saguão, de modo a não deixar um único espaço livre do escrutínio desse olhar anônimo e onividente. Então me dou conta de que todas essas câmeras já estavam me seguindo desde que desci do táxi à entrada do aeroporto, acompanhando-me ao bar quando pedi um café e quando parei numa banca para comprar um jornal."MACHADO, Arlindo. Máquina e imaginário: o desafio das poéticas tecnológicas. 2 ed. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1996.

  2. cbaqueiro disse:

    Alterei os vídeos de exemplo neste post, pois os antigos do canal R7 foram tirados do ar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s