Resistir é possível…

.

Quem assistiu a série Galactica viu como os Cylons conseguem destruir quase totalmente a raça humana. Usam da rede (quase absoluta) de computadores que tinham os humanos para destruir todas as suas naves de guerra. Usam “virus” para vigiar e controlar os humanos, e depois rechaçá-los.

Só não contavam com o imprevisto, pois a nave chamada Galactica estava em manutenção e não tinha ligações com a tal rede absoluta.

Hoje há no mundo uma quantidade absurda de máquinas ligadas a nossa rede real, a Web (mais de 1 bilhão). E todas elas propensas a receber virus, trojans, adwares, worms, malwares e tantos outros “dispositivos” que servem também para controlar e vigiar tanto as máquinas, quanto os humanos que as usam.

Trojans, por exemplo, capazes de coletar senhas de bancos, são enviados por Hackers, Crackers, ou qualquer outros nomes que se deem a humanos que têm o simples objetivo de “rapar” seu/nosso dinheiro da conta do banco.

A Revista Galileu de Dezembro de 2009, na reportagem de capa “Crime Virtual: Saiba Como se Proteger“, nos dá algumas dicas de como podemos ter um pouco mais de segurança e evitar que esses “Vigias” às escondidas não tenham tanta sorte conosco.

****

Manual de Sobrevivência na Internet

  • Desligue à noite
A maioria dos casos de invasão de computadores e instalação de virus acontece à noite, durante a transferência de arquivos entre sistemas.
  • Não seja preguiçoso
Procure digitar no campo do endereço o site que você quer visitar. Por incrível que pareça, hackers conseguem criar URLs muito parecidas com as originais. Sem perceber, utilizando uma ferramenta de busca, você entra em um portal clone de um banco.
  • Atualize semanalmente
Tenha um antivirus. Gratuito ou pago, mas tenha. Fabio Assoline, analista da Karpersky Lab. afirma: “Ele é indispensável. É preciso atualização periódica. Um antivirus desatualizado só protege o PC de ameaças que ele conhece. Centenas de vulnerabilidades aparecem todos os dias.
  • Seja Egoísta
Cuidado com sua rede wireless. Mantenha-a protegida com softwares e senhas que não sejam óbvias.
*****

A Revista faz uma grande reportagem sobre o assunto, e de grande utilidade para nós, simples usuários da rede de computadores (Web, Internet, etc.).

Podemos fazer uma pequena crítica no momento que propõem a utilização de antivirus e outros softwares de proteção pertencentes a grandes corporações, que, provavelmente, também os usarão para manter uma “certa” vigilância sobre nossos computadores e vidas.

Mas é a velha história da escolha dos nossos “amigos”. O Gato ou o Rato ? A Águia ou a Gralha ? Rs, Rs…

É fazer as escolhas conscientemente e tentar resistir a toda forma de controle possível.

Inté Domingo.

Anúncios

Sobre cbaqueiro

Graduado em História e Jornalismo.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Resistir é possível…

  1. Anonymous disse:

    >A verdade é que há grande possibilidade de as empresas de informática utilizarem nossos dados (coletados legalmente ou ilegalmente) para ganhar dinheiro, pois hoje informação é sinônimo de grana (e poder).Temos pouco (ou talvez nenhum) controle sobre esse tipo de atividade, pois as empresas, via de regra, não têm qualquer vínculo com o direito público.abs,Fernanda

  2. >por quê?estar conectado 24h/dia;navegar por mares já catalogados;buscar por significados já escrutinizados;ser sujeito normatizado pela disciplina coercitiva;imiscuir-se numa sociedade de controle;desejar o óbvio???

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s